terça-feira, setembro 30, 2008


O efeito da gravidade sobre corpos sem equilíbrio os leva à cair. E esta semana, graças a popularidade do governo Bush entre os membros do congresso que vai de ruim à péssimo, somada a outros fatores como um discurso com duras críticas a política econômica de Bush, feito pela a presidente da câmara, a democrata Nancy Pelosi, minutos antes de iniciar a votação para o pacote de 700 bilhões de dólares que salvaria um punhado de gente importante, dentre eles vários magnatas de Wall Street e banqueiros. Os republicanos, partido de Bush, sentiram-se traídos, pois ficou parecendo que os democratas estavam fazendo um favor a contra gosto e se apenas eles votassem à favor, apenas a imagem deles poderia ser associada a mais erros de Bush, como a decisão de invasão do Iraque. Houve outras "desculpas" para quem votou contra, alguns deles, com foco nas eleições, disseram: "Como podemos apoiar um plano que ajuda apenas as grandes corporações e banqueiros falidos e deixa de lado o contribuinte?", você acha realmente que eles ligam para o contribuinte? Marketing eleitoral. E com isso a economia mundial, quase entrou em colapso, com várias bolsas de valores por todo o mundo operando em quedas vertiginosas. Parece que não satisfeito em ferrar o Iraque e os EUA com sua política internacional, o meninão Bush que ferrar com o resto do planeta e se possível manter ilesos os banqueiros e acionistas de bancos quebrados. Legal ele, né!

Outra coisa que caiu, neste caso, "caiu fora" foram algumas regras da língua portuguesa. Que, diga-se de passagem, vai acabar atrapalhando quem sabe escrever corretamente pela maneira usada até então. Como saber se onde existia acento agudo, continua existindo ou não? Outras coisas ficaram até esquisita, "heroico", sem acento fica até feio. Mas, quem assinou o tratado? O nosso digníssimo guru, Lula. Ele que conhece muito sobre a língua adotada neste país. Pois em uma frase dita em 9 de maio de 2003, na reunião com governadores em Rio Branco ele disse: “No Brasil inteiro, todo mundo fala o português, do Oiapoque ao Chuí”, isso esclareceu muita coisa.

De tudo isso quem deveria cair, de "cair fora" mesmo, são esses dois charlatões. Um brincando de Deus à custa do dinheiro da nação mais rica do planeta sem se importar com os problemas do resto do mundo e outro brincando de Ali Baba, dando esmolas ao povo ao invés de dar educação para nunca mais votar nele e ajudando a eleger mais ladrões para roubar o resto do dinheiro que deveria ser destinados a programas de inclusão social. Ah, me esquecí, para ele dar esmolar é inclusão social.

quinta-feira, setembro 25, 2008


Acabei removendo o Playlist, porque atrapalhava quando queríamos assistir aos vídeos.
De qualquer forma, eis a página http://www.playlist.com/user/26483348. Estarei atualizando em breve.


Agora que estou com bastante tempo de sobra, quase não me sobra tempo para qualquer outra coisa senão, dar uma mãozinha para a Mimi. Mas, quando as coisas ficam mais sossegadas, é possível prestar atenção ao que ocorre ao nosso redor.

Propaganda Rexona. Segundo minha acessora para assuntos dispersos, a Mimi, essa propaganda já está rolando há algum tempo. Mas, não havia assistido ainda. O fascinante nesta propaganda, além da modelo é claro, é a música. Bem, não foi difícil achá-la no Youtube, nem sua cantora. Gabriella Cilmi interpreta 'Sweet About Me'. A música foi feita por ela em parceria de outros compositores. É uma cantora com pouco tempo de carreira, mas pelo visto tem muito para mostrar. Sua voz forte e ao mesmo tempo doce embelezam ainda mais as melodias das músicas. Vale a pena procurar saber mais sobre ela. Ah, quase me esquecí de dizer o óbvio, talento e beleza, são apenas alguns atributos...


Assista ao vídeo oficial.

 
PageRank